Liberdade para a Palestina

domingo, 13 de setembro de 2009

Série "Rios Brasileiros" 3: Rios de Curitiba (PR)


1. Rio Barigüi:
Extensão: 66 km, sendo 60 km no município de Curitiba.
Origem do nome: palavra tupi-guarani que significa “rio dos mosquitos-pólvora”.
Nascente: Serra da Betara, em Almirante Tamandaré.
Corta 18 bairros de Curitiba até encontrar com o Rio Iguaçu no extremo sul da cidade, no bairro Caximba.
Situação: como a maioria dos rios brasileiros, é poluído principalmente devido a esgotos domésticos e lixo jogado em suas margens.
Principais afluentes: Na margem direita: Rio Tanguá, Rio Uvu, Ribeirão dos Muller e Rio Campo Comprido. Na margem esquerda: Rio Vila Formosa, Rio Passo do França, Córrego Mercês-Barigüi, Arroio do Andrada, Arroio da Ordem e Arroio Pulador.

2. Rio Belém
Extensão: 17 km
Nascente e foz: dentro do município de Curitiba
Situação: o Rio Belém passou por vários processos de alteração na sua fisiografia (retificação, canalização) e hidrodinâmica. Suas margens foram devastadas e ocupadas irregularmente, com lançamentos de esgoto sem tratamento. É o rio mais poluído da cidade de Curitiba, porém, já existem projetos para a revitalização do rio, principalmente em virtude da Copa. A Comissão Viva Belém, criada em 2005, formada por Associações de Moradores, Clubes de Serviço (Lions e Rotary), Grupos Escoteiros, Administrações Regionais, Secretarias Municipais e Estaduais, Escolas, Associação Comercial de Curitiba e universidades, é uma entidade que busca recuperar este rio.

3. Rio Iguaçu
Extensão: mais de 900 km, mas a nascente é em Curitiba, próximo ao Bairro do Cajuru; 7km dentro da cidade de Curitiba.
Situação: na região metropolitana de Curitiba é considerado o segundo rio mais poluído do país, atrás apenas do Tietê, em São Paulo. O que polui o rio em Curitiba e na região metropolitana hoje é principalmente o esgoto doméstico.

Crédito da foto: Rio Belém - SOS Rios Brasileiros

Denise

Nenhum comentário: